10| Cena desvenda dinâmica dos nutrientes em ecossistemas

Projetos deram mais eficiência ao agronegócio

Pesquisas do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) com radioisótopos e isótopos estáveis, os traçadores, permitiram entender o ciclo da água, o funcionamento de biomas — como o Pantanal e a Floresta Amazônica — e a absorção real de fósforo em ruminantes. De quebra, os dados gerados agregaram eficiência ao agronegócio brasileiro.
Num projeto em parceria com a Petrofértil, empresa estatal de produção de fertilizantes, os pesquisadores do Grupo Isótopos Estáveis utilizaram traçadores para entender a forma mais eficiente do uso da ureia, um dos principais fertilizantes produzidos pela empresa à época. O professor Reynaldo Luiz Victoria destaca que os resultados indicaram a maneira mais racional de se aplicar a ureia evitando perdas.
Como já produzia o sulfato de amônio marcado, o Cena desenvolveu a metodologia para produzir ureia marcada, um traçador para experimentos de campo que possibilitava avaliar a eficiência da utilização do fertilizante em milho, cana-de-açúcar, arroz e outras culturas.
Para Victoria, a Fealq foi um marco para a pesquisa agronômica na ocasião facilitando os procedimentos para o trabalho como: aquisição de equipamentos e insumos, diárias de viagens, compra de combustível e materiais em geral.  Por meio da Fundação, foi possível incentivar a pesquisa em áreas inovadoras dentro da Esalq, o que era limitado pela burocrática Lei de Licitações, conhecida no meio acadêmico como “Lei do Diabo” pelas dificuldades que impunha para o acesso aos recursos públicos para pesquisa.
Nutrição animal
Também em parceria com a Petrofértil, a professora Dorinha Miriam Silber Schmidt Vitti desenvolveu vários projetos sobre nutrição animal para avaliar o metabolismo de fósforo em ruminantes com o uso de radioisótopos, que permitem determinar a absorção real do fósforo. Na ocasião, ela era a única pesquisadora da área no Brasil. Os recursos investidos foram gerenciados pela Fealq.
A avaliação dessa absorção é de fundamental importância, pois aponta a melhor fonte de fósforo para cada espécie, o que evita gastos desnecessários e gera grande economia. Realizados em gaiolas de metabolismo no Cena, os experimentos deram origem a modelos matemáticos e tornaram-se referência no assunto. Ao longo da carreira, Dorinha ampliou o estudo para entender também a absorção do cálcio no metabolismo dos ruminantes.
E em parceria com o Instituto de Zootecnia, do Governo do Estado de São Paulo, o Cena desenvolveu uma avaliação de cadeias tróficas na Amazônia, com o uso de traçadores naturais de plantas que realizam fotossíntese via C4, como as gramíneas tropicais em geral. Victoria explicou que esse traçador foi usado para verificar a eficácia de experimentos de Banco de Proteínas para nutrição animal, que nada mais é que o apoio de uma plantação de leguminosa (proteína) associada ao pasto para períodos de poucas gramíneas ou pastos consorciados para os períodos de entressafra, garantindo qualidade e quantidade de produção de carne e leite.
Extensão
A extensão também faz parte das atividades do Cena. Um dos projetos, coordenado por Dorinha e financiado pela Fealq, promoveu prestação de serviços à comunidade por meio da realização de análises e pesquisas na área de Ciências Animais.

 

Veja também

01| MODERNIZAÇÃO DA TOMATICULTURA ELEVA PRODUTIVIDADE EM 40%

01| MODERNIZAÇÃO DA TOMATICULTURA ELEVA PRODUTIVIDADE EM 40%

A modernização da tomaticultura, que começou no Brasil a partir Read More
02| Força-tarefa esalqueana mudou estado da arte da borracha

02| Força-tarefa esalqueana mudou estado da arte da borracha

Departamentos da Esalq buscaram soluções para seringais Read More
03| Estudo reúne material sobre o calcário na agricultura

03| Estudo reúne material sobre o calcário na agricultura

Fealq editou publicação com 5 volumes nos anos 80 Read More
04| Tecnologias agrozootécnicas contribuem com indústrias

04| Tecnologias agrozootécnicas contribuem com indústrias

Fealq apoia e ajuda a divulgar conhecimentos técnicos Read More
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
©2018 FEALQ. Desenvolvido por Agência Multípla