08| Sistema de produção de bovinos é referência em ensino e pesquisa

Treinamentos visam eficiência na agricultura

A adubação e o uso do manejo rotativo de pastagens foram os propulsores do sistema de produção de bovinos utilizado pelo Departamento de Zootecnia da Esalq. Na década de 1970, quando essa inovação tecnológica foi introduzida, sob a coordenação dos professores Vidal Pedroso de Faria e Moacyr Corsi, atraiu mais de duas mil pessoas ao campus para conhecer o modelo, uma novidade no cenário agrícola. Atualmente, o sistema de produção é fonte de pesquisa, palco para o ensino e parâmetro na extensão.
No início foi preciso mudar a concepção. Os docentes conseguiram implantar uma estrutura de fazenda com foco em bovinos, que possibilitou a realização de diversas atividades na universidade. Além disso, persistiram no trabalho com raças leiteiras especializadas, embora quase ninguém acreditasse que seria possível realizá-lo em um país tropical, que se tornou referência nacional.
Naquela década também foi criado o CPZ (Clube de Práticas Zootécnicas), para que estudantes da graduação pudessem ter acesso às atividades na área de bovinos. O Clube proporciona a eles a vivência em uma fazenda comercial de pecuária de corte e de leite. Os alunos participam do manejo de animais, ordenha, plantio e colheita de milho, manejo do pasto e até da organização do leilão, que já teve 72 edições.
A mudança inicial de paradigma e o uso da tecnologia levaram a iniciativa privada a apoiar os projetos desenvolvidos nesta área na Esalq, o que possibilitou a construção de um Centro de Treinamento de Recursos Humanos (CTRH), em 1997. O investimento foi de cerca de US$ 100 mil. O trabalho evoluiu e, recentemente, o câmpus da Esalq foi palco de uma homenagem que revela sua ascensão: foram entregues a unidade experimental de confinamento de bovinos leiteiros “Professor Vidal Pedroso de Faria” e a revitalização do CTRH.
O projeto contou com o apoio de empresas, conselhos e fundações, entre elas a Fealq, que participou em vários momentos da história, não só no gerenciamento dos recursos, mas também na concessão de bolsas aos estudantes, favorecendo, com isso, o desenvolvimento científico e tecnológico do país.
Pesquisas e treinamentos
Com os resultados de sucesso, o setor passou a ser bastante procurado. Atualmente, o CTRH promove cursos de curta duração durante a semana, além de cursos de especialização em Piracicaba e Goiânia. O gerente do CTRH, engenheiro agrônomo Marco Antônio Penati, e o atual coordenador do Centro, professor Flávio Augusto Portela Santos, em conjunto com o corpo docente do departamento e com os alunos de pós-graduação, também realizam pesquisas, desenvolvimento e avaliação de produtos, além de treinamentos técnicos em parceria com empresas privadas.
Todas essas atividades são ações importantes de difusão, cujo objetivo principal é melhorar a rentabilidade dos produtores. Atualmente os principais focos de atuação das pesquisas estão relacionados à nutrição e manejo de ruminantes, manejo de pastagens, conservação de forragem, qualidade do leite, melhoramento genético e reprodução animal.
O leilão é outra forma de aproximar o produtor rural da universidade por meio da compra de touros e matrizes que são gerados pelo sistema de produção do Departamento de Zootecnia.

 

 

Veja também

01| MODERNIZAÇÃO DA TOMATICULTURA ELEVA PRODUTIVIDADE EM 40%

01| MODERNIZAÇÃO DA TOMATICULTURA ELEVA PRODUTIVIDADE EM 40%

A modernização da tomaticultura, que começou no Brasil a partir Read More
02| Força-tarefa esalqueana mudou estado da arte da borracha

02| Força-tarefa esalqueana mudou estado da arte da borracha

Departamentos da Esalq buscaram soluções para seringais Read More
03| Estudo reúne material sobre o calcário na agricultura

03| Estudo reúne material sobre o calcário na agricultura

Fealq editou publicação com 5 volumes nos anos 80 Read More
04| Tecnologias agrozootécnicas contribuem com indústrias

04| Tecnologias agrozootécnicas contribuem com indústrias

Fealq apoia e ajuda a divulgar conhecimentos técnicos Read More
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
©2018 FEALQ. Desenvolvido por Agência Multípla